A salamandra de Francisco I, presente por toda parte em Chambord

Uma salamandra em Chambord - Caso você visite o castelo de Chambord, com certeza de deparará, ao entrar em um dos cômodos, com uma escultura ou uma moldura representando uma salamandra.

O animal, emblema do rei Francisco I, aparece mais de 300 vezes no edifício. Mas o que ela significa? Por que esse pequeno anfíbio de cerca de vinte centímetros foi escolhido para simbolizar a realeza?

A salamandra segundo o bestiário fantástico medieval

A Idade Média, época bastante fervorosa em que as pessoas viviam em um mundo onde as terras desconhecidas faziam parte do imaginário, por isso podiam facilmente misturar o real e a fantasia. A salamandra fazia parte do bestiário dos animais mágicos. Diz a lenda que esse animal era capaz de viver na terra e na água, além de poder sobreviver ao fogo.

A lenda vem do fato que a salamandra hiberna em troncos de árvore. Se o tronco era usado para servir de combustível, a salamandra podia acidentalmente ir parar dentro de uma chaminé. Como a pele úmida do animal o protegia alguns segundos contra as chamas, ele conseguia escapar da chaminé tranquilamente, sob o olhar incrédulo dos testemunhos da cena!

A salamandra e Francisco I, construtor de Chambord

Podemos compreender facilmente que esse animal fabuloso, que alimentava tantos fantasmas, tenha sido escolhido por um rei vitorioso e prestigioso como Francisco I. Ao usar a salamandra como emblema, ele mandou que a gravassem em seus castelos: o de Fontainebleau, mas também — e principalmente — em Chambord.

Na parte acima da salamandra de Chambord há uma coroa que representa o mote "Eu me alimento do bom fogo e apago o fogo ruim". Ela é representada cuspindo água para apagar o fogo ruim ou engolindo chamas para, ao contrário, se alimentar do bom fogo.

Trata-se de um símbolo perfeito para um rei que deseja ser, ao mesmo tempo, protetor de seu povo —- aquele que apaga o fogo ruim — e que resiste, mesmo se alimentado de uma força tão destrutível quanto as chamas.

Caso você tenha previsto uma visita ao castelo de Chambord, parta à procura das salamandras de pedra escondidas por todos os lados!

.

Informações sobre a COVID-19: nossas excursões e atividades não são operadas de 1º de outubro a 25 de dezembro. Eles podem ser reservados online agora para datas posteriores. Clique AQUI para saber mais sobre as medidas de saúde implementadas e respostas às perguntas mais freqüentes.