A catedral de Reims

A catedral Notre-Dame de Reims, dedicada à Virgem Maria, é um dos monumentos da arte gótica francesa. Seu lugar na história da arquitetura e também a sua importância na história da França fazem dela um símbolo reconhecido por todos.

Catedral de Reims

A história da catedral

A catedral que hoje conhecemos foi reconstruída várias vezes. Em 1211, o arcebispo Alberic de Humbert colocou a primeira pedra do novo edifício. O anterior foi destruído durante um incêndio terrível. Infelizmente, em 1481, o telhado pegou fogo durante o trabalho de construção. Uma ajuda real permitiu continuar o trabalho. Em agradecimento, decidiu-se que o telhado seria decorado com flor-de-lis. Elas foram removidas durante a Revolução Francesa, quando foi iniciada uma campanha de supressão de símbolos reais em edifícios.

Durante a Grande Guerra, a catedral Notre-Dame de Reims foi internacionalmente bombardeada pelas tropas alemãs. Esta operação visava desmoralizar a população francesa pela destruição de um símbolo histórico. Ela foi atingida por um total de 288 projéteis. O trabalho de reconstrução começou em 1919, com muito financiamento privado. O edifício foi reformado. Vulneráveis ao fogo, o telhado e as vigas de carvalho foram substituídos por uma estrutura não inflamável. Ainda hoje a catedral está sendo restaurada.

10:30 hora(s)
A partir de 149,00 €
10:30 hora(s)
A partir de 249,00 €

O teatro dos grandes eventos

Foi em Reims que Clovis foi batizado no ano 496 por São Remi, bispo de Reims. O último aplicou na testa do rei carolíngio uma unção da Sainte-Ampoule. Esta mesma mistura era utilizada para coroações de reis que foram mantidas pela tradição em Reims, até Carlos X em 1825. A cidade de Reims tornou-se, assim, a cidade dos reis, onde os monarcas adquiriram o trono da França.

Durante a Guerra dos Cem Anos, Joana d'Arc - sua estátua está na frente da catedral - insistiu para coroar o rei Carlos VII em Reims, e marcou, assim, o poder do Reino da França no conflito contra os ingleses.

Sua arquitetura

A catedral de Reims é especialmente conhecida por suas 2.303 estátuas. É o edifício religioso que tem a maior quantidade de estátuas do mundo. Uma delas é especialmente famosa. É o Anjo Risonho, emblema da cidade de Reims. Com um comprimento de 149,17 metros, altura de 87 metros até o campanário, a catedral foi construída sobre uma planta em cruz latina. É uma obra prima da arquitetura gótica. Quatro capelas circundam a nave.

Podemos ainda observar os vitrais que datam do século XVIII, apesar das sucessivas destruições do edifício. É preciso observar as partes superiores para admirá-las. Foram colocados vitrais contemporâneos, dentre eles as as famosas realizações do artista Marc Chagall, em 1974.

O que ver ao redor da catedral

A apenas poucos passos da catedral de Reims encontra-se o museu de belas artes da cidade. Podemos ver ali uma réplica da famosa pintura de Jacques-Louis David, “A Morte de Marat”. Da catedral, você também pode chegar ao locais centrais da vida dos habitantes de Reims, como a rua de Vesle, a praça Drouet-d’Erlon, ou ainda a praça do Forum.