Villers Bretonneux

Villers-Bretonneux é uma cidade do departamento da Somme, situada a 112 km de Paris. Habitada desde a época romana, sofreu, como muitos vilarejos da Picardia, inúmeras guerras que afetaram esta província. Conhecida no século XIX por suas fábricas de meias de lã e de flanela, Villers-Bretonneux foi o cenário de uma batalha da Guerra franco-prussiana em 1870 pela defesa de Amiens. Foi também o local de um dos episódios trágicos da ofensiva alemã sobre a Somme em 1918, durante a Primeira Guerra Mundial. Milhares de soldados australianos e neozelandeses vindos dar reforço ao exército britânico morreram aí por terem conseguido romper a ofensiva do império alemão e impedido a tomada de Amiens. Foi também em abril de 1918 que o Barão Manfred von Richthofen, o famoso Barão Vermelho com 80 vitórias aéreas acumuladas, foi abatido não longe dali. O museu franco-australiano inaugurado em 1975 e o cemitério Adélaïde comprovam os elos e a gratidão mútua que unem a Austrália e a França. O museu retraça a história do corpo expedicionário australiano por meio de fotografias, uniformes, armas e objetos pessoais. A cidade abriga também o Memorial National Australien, inaugurado em 1938. Todos os anos, no dia 25 de abril, este é o lugar principal das cerimônias comemorativas do Dia ANZAC (Australian and New Zealand Army Corps). A ParisCityVision leva você para visitar Villers-Bretonneux em micro-ônibus durante o tour Campos de Batalha da Somme: Primeira Guerra Mundial.