A celebração do aniversário do desembarque

Tours em Normandia A partir de 190,00 € Saber mais

Em 6 de junho de 2014 foram organizadas as comemorações para o 70° aniversário do Dia D, ou seja, o dia do desembarque na Normandia que permitiu a Libertação da França. As comemorações acontecem todo ano desde 6 de junho de 1945.

©Jean-Pierre Dalbéra

A primeira comemoração

Em junho de 1945, o armistício tinha sido assinado há apenas algumas semanas e Paris estava libertada há menos de um ano. O compromisso das tropas aliadas com a Libertação francesa foi reconhecido. Foi transmitido um documentário na televisão “Um ano se passou”, em 15 de junho de 1945. Ele explica o desembarque perto de Arromanches e a comemoração deste acontecimento. A cerimônia ocorreu na praia na presença do embaixador do Reino Unido Duff Cooper e sua esposa Diana Cooper.

Logo o aniversário do desembarque tornou-se um acontecimento essencial com forte divulgação. A guerra fez numerosas vítimas e empobreceu consideravelmente o país. A comemoração do sacrifício dos Aliados permite reviver as lembranças para não repetir os erros do passado.

Um evento pela paz

A comemoração dos desembarques na Normandia foi, durante muito tempo, uma comemoração militar. Ocorria com discrição nos lugares de memória, somente algumas grandes datas eram objeto de maiores cerimônias.

Desde os anos 80, a comemoração da batalha da Normandia é também um acontecimento que tem uma função diplomática. Transmitida pela televisão, a cerimônia ocorre com uma sucessão de discursos e de espetáculos em homenagem às tropas que pereceram nos frontes normandos. Os programas são articulados como uma recordação dos sacrifícios realizados para libertar a França, mas também sobre o horror da guerra que não deve se repetir. Com sua presença, os chefes de Estado confirmam a paz que reina hoje entre os beligerantes da guerra de 39-45.

Reconstituição e dever de memória

Associações de antigos combatentes e apaixonados por história se encontram todo verão na Normandia para comemorar o desembarque de 6 de junho de 1944. Os traços deste momento decisivo da história da França são numerosos e muito bem documentados nos lugares que foram decisivos na batalha da Normandia.

Não é raro cruzar nas ruas da Normandia com um jeep conduzido por jovens pessoas à moda do exército americano dos anos 40, a caminho de um local de comemoração de que participam. As batalhas são reconstituídas, sem violência, para mostrar ao público os deslocamentos dos exércitos. Balés aéreos também são organizados para admirar a capacidade de manobra e a potência dos aviões que permitiram levar as tropas aerotransportadas.