O cemitério militar do Commonwealth de Bayeux

Tours em Normandia A partir de 229,00 € Saber mais

O cemitério militar do Commonwealth de Bayeux é o maior cemitério britânico situado no território francês. O envolvimento do Império britânico na batalha da Normandia e depois na Libertação da França é imenso. Entre as tropas inglesas que desembarcaram em 6 de junho de 1944 nas praias de Gold Beach e Sword Beach, muitos encontraram a morte em combate.

© Jean-Baptiste Roux

A comunidade das nações

A Commonwealth of Nations agrupa 53 Estados membros. A organização é composta por países que têm interesses comuns, mas que são todos independentes. Embora a maior parte entre eles tenha sido anteriormente colônias britânicas, valores comuns os unem. Quando um dos países está guerra, os outros não têm nenhuma obrigação de aderir ao mesmo conflito e podem permanecer neutros. Eles também podem se ajudare mutuamente, como foi o caso durante a Segunda Guerra Mundial.

A presença do cemitério militar em Bayeux

Poupada pelos bombardeios que deveriam enfraquecer a defesa alemã, Bayeux foi a primeira grande cidade a ser libertada após o desembarque de 7 de junho de 1944. Os lugares públicos, assim como as escolas, foram transformados em hospitais improvisados para tratar dos feridos da batalha da Normandia levados até ali. Por essa razão muitos soldados da Commonwealth morreram de suas feridas em Bayeux.

A área que corresponde ao cemitério militar foi dada pela França ao Reino Unido. O conjunto é mantido pela Commonwealth War Graves Commission.

Em Bayeux, também se encontra o museu da batalha da Normandia. Ele apresenta a história da cidade durante a Segunda Guerra Mundial em 2000 m² de espaço de exposição. Projeções de filmes de arquivos documentam a época.

Um cemitério internacional

No cemitério militar da Commonwealth de Bayeux descansam 4.144 soldados, dos quais 3.935 britânicos, e 338 restos mortais não identificados. Entre as nacionalidades representadas estão canadenses, neozelandeses, australianos, sul africanos, poloneses, franceses, tchecoslovacos, italianos, russos, mas também alemães.

Do outro lado da estrada, em frente ao cemitério, um Memorial foi construído em honra aos mortos. Ele tem os nomes dos 2.092 soldados da Commonwealth que morreram durante os combates durante e após o desembarque na Normandia, mas que não receberam sepulturas. De acordo com uma tradição inglesa, um soldado é enterrado junto aos seus irmãos de armas. É a razão pela qual as nacionalidades são misturadas.

A existência de um lugar como o cemitério militar da Commonwealth de Bayeux revela o caráter mundial do conflito. Lembrando os combates na parte ocidental da Europa, é uma parte do mundo que se levantou contra as forças do Eixo e a ideologia nazista.

.

Informações sobre a COVID-19: nossas excursões e atividades não são operadas de 1º de outubro a 25 de dezembro. Eles podem ser reservados online agora para datas posteriores. Clique AQUI para saber mais sobre as medidas de saúde implementadas e respostas às perguntas mais freqüentes.