Estações e segredos da linha 8 do metrô parisiense

A linha 8 do metrô de Paris parte de Balard, no sudoeste da cidade. A linha com 38 paradas atravessa a capital para terminar em Créteil, no sudeste da área urbana parisiense. Saindo de Balard, a linha 8 continua ao longo do Sena na margem esquerda, para depois continuar ao longo dos grandes boulevards e, por fim, ao leste de Paris.

É, portanto, a linha ideal para chegar rapidamente à área urbana parisiense, evitando utilizar uma das estações da cidade e precisar tomar um TER. O terminal Créteil, no entanto, está situado na zona 3 da rede. É preciso estar particularmente atento à tarifa.

Lista das estações da linha 8

Como parte das linhas mais longas da rede de metrô de Paris, a linha 8 tem muitas estações ao longo do seu trajeto. Aqui está a lista completa de estações atendidas:

Balard
Lourmel
Boucicaut
Felix Faure
Commerce
La Motte–Picquet–Grenelle: conexão com as linhas 6 e 10
Ecole Militaire
La Tour Maubourg
Invalides: conexão com a linha 13 e com o RER C
Concorde: conexão com as linhas 1 e 12
Madeleine: conexão com as linhas 12 e 14
Opéra: conexão com as linhas 3 e 7 e com o RER A
Richelieu–Drouot: conexão com a linha 9
Grands Boulevards: conexão com a linha 9
Bonne-Nouvelle
Strasbourg–Saint-Denis: conexão com as linhas 4 e 9
République: conexão com as linhas 3, 5, 9 e 11
Filles du Calvaire
Saint-Sébastien–Froissart
Chemin Vert
Bastille: conexão com as linhas 1 e 5
Ledru–Rollin
Faidherbe–Chaligny
Reuilly–Diderot: conexão com a linha 1
Montgallet
Daumesnil: conexão com a linha 6
Michel Bizot
Porte Dorée
Porte de Charenton
Liberté
Charenton–Ecoles
Ecole vétérinaire de Maisons–Alfort
Maisons-Alfort–Stade
Maisons-Alfort–Les Juillotes
Créteil–L’Échat
Créteil–Université
Créteil–Préfecture
Pointe du Lac

Monumentos e pontos turísticos atendidos pela linha 8 do metrô

Ao parar na estação Balard, você pode facilmente chegar ao Parc André Citroën, situado a poucos metros do metrô.

As duas estações La Motte–Picquet–Grenelle e Ecole Militaire conduzem vocês a poucos metros do endereço da Torre Eiffel. As duas paradas estão situadas de um lado e do outro do Champ de Mars, o que proporcionará a você uma vista impressionante da Dama de Ferro.

Um pouco mais ao norte, as estações La Tour-Maubourg e Invalides dão a você acesso à Esplanada e ao Musée de l'Armée des Invalides. A parada Invalides deixará você um pouco mais perto do Museu d'Orsay, situado no Quai Anatole France, a poucos minutos a pé da saída do metrô.

A estação Concorde, situada na esquina do Jardin des Tuileries permite que você chegue à sublime Place de la Concorde e seu obelisco de Louqsor. Bastará atravessar o Jardin des Tuileries para chegar ao Museu do Louvre (entre no Museu do Louvre com a melhor tarifa, com a PARISCityVISION).

Se desejar ir ao endereço da Opéra Garnier, nada mais simples! A estação Opéra está em frente a este edifício, verdadeiro templo da cultura parisiense. Desta estação, será fácil chegar a pé ao Boulevard Haussmann e seus grandes magazines.

O Boulevard Haussmann é ainda atendido por outras três estações da linha 8: Richelieu Drouot, Grands Boulevards, Bonne Nouvelle e Strasbourg–Saint-Denis. Desse modo, você chega rapidamente ao magazine de sua escolha, sem percorrer a pé a totalidade deste boulevard imenso.

Indo para o sul da capital, a parada Bastille dará acesso a esta praça conhecida, símbolo da Revolução Francesa. Ao parar nesta estação, você pode muito facilmente chegar à Place des Vosges e seu plano quadrado.

Atendendo o sudeste de Paris, as paradas Porte Dorée e Porte de Charenton darão a você acesso ao imenso Bois de Vincennes. Um refúgio autêntico, para adultos e crianças. Então, o fim da linha 8: Pointe du Lac, se situa a um quilômetro e meio do Lago de Créteil. Autêntico lugar de lazer, ele permite uma mudança total de cenário, um contraste agradável com a agitação da capital.

Estações notáveis na linha 8

A estação Bonne Nouvelle, cujo nome faz uma referência à igreja Notre-Dame-de-Bonne-Nouvelle, faz parte das estações decoradas da rede. Na ocasião do centenário do metrô, a estação foi decorada tendo como tema o cinema e Hollywood. A tipografia do nome da estação lembra o célebre "Hollywood sign" da colina de Los Angeles. Ao longo das plataformas estão expostas diversas informações sobre cinema, apresentadas em pequenas molduras.

Ao descer na estação Richelieu Drouot, você passará em frente ao monumento aos mortos, em memória dos agentes da Compagnie du Chemin de Fer Métropolitain, mortos pela França. Realizada por Carlo Sarrabezoles em 1931, esta escultura é feita de granito e ornada com a estátua de uma mulher em mármore preto. No monumento estão o nome dos agentes mortos durante a Primeira Guerra Mundial. Depois da Segunda Guerra Mundial, a palavra Libertação foi incluída na parte inferior à direita do monumento, para lembrar a contribuição dos agentes da Resistência.

Por fim, a estação La Motte-Picquet–Grenelle é decorada com os brasões da família de Toussaint-Guillaume Picquet de La Motte, navegador francês do século XVIII. É também nesta estação que há um afresco, lembrando a Barrière de la Cunette, que foi outrora um dos muros externos de Paris, que servia como barreira para o pagamento de impostos.

.

Informações sobre a COVID-19: nossas excursões e atividades não são operadas de 1º de outubro a 25 de dezembro. Eles podem ser reservados online agora para datas posteriores. Clique AQUI para saber mais sobre as medidas de saúde implementadas e respostas às perguntas mais freqüentes.