A Ópera Nacional de Paris

A partir de 38,00 € Saber mais

Você gosta de dança, de canto lírico e de música clássica? Então, com certamente você conhece a Ópera Nacional de Paris, que oferece uma programação rica, repleta de diversos eventos culturais na capital, mas também on-line.

Duas salas para a Ópera Nacional de Paris

Estabelecimento público, sob a tutela do Ministério da Cultura, ela gerencia as duas salas mais prestigiosas de Paris: o Palais Garnier e a Ópera Bastille.

O Palais Garnier, inaugurado em 1875, pode receber até 1900 espectadores. O edifício, construído no estilo do Segundo Império, inspirado pela Antiguidade, impõe graças a suas dimensões e fachada ornamentada de baixos-relevos, cercada por esculturas douradas em ouro puro. No telhado da Ópera Garnier, há uma escultura monumental feita pelo pintor Marc Chagall. Trata-se de uma instituição e uma sala impressionante que pode ser descoberta durante as apresentações ou durante as visitas guiadas.

A Ópera Bastille, outra cena da Ópera Nacional de Paris, tem um outro estilo. A sala, moderna, foi inaugurada em 1989 e pode receber até 2703 espectadores. Trata-se, simplesmente, de uma das maiores salas de espetáculo do mundo reservada à ópera. Um local excepcional para as apresentações mais populares encenadas pela Ópera Nacional de Paris!

Não podemos esquecer a 3.a cena: um espaço virtual que reúne criações originais de artistas oriundos de diferentes universos. Nele, você pode descobrir vídeos de grande sensibilidade artística, como "A bout portés" de Clémence Poésy, uma reflexão sobre a graça e o deslumbramento que os dançarinos e dançarinas de balé provocam.

Um programação excepcionalmente rica

A Ópera Nacional de Paris pode se orgulhar de sua programação excepcional, tanto pela diversidade das obras escolhidas quanto pela qualidade da produção e dos intérpretes. Os maiores tenores e as divas mais conhecidas sonham em poder se produzir no Palais Garnier ou na imensa sala da Ópera Bastille. Os clássicos são sempre honrados, graças às obras de Wolfgang Amadeus Mozart, de Claude Debussy ou de Giuseppe Verdi. Em 2017, foram apresentados Così Fan Tutte, Pelleas e Melisande, Don Carlos, para o grande contentamento dos fãs das grandes obras que cooperaram com a história da música lírica.

A Ópera Nacional de Paris também dá espaço a apresentações já definitivamente enraizadas na modernidade. Podemos citar, por exemplo, o espetáculo Play: balé contemporâneo do sueco Alexander Ekman, com data prevista para dezembro de 2017.

É verdade que se trata de uma ópera nacional, mas ela é facilmente acessível

Mesmo se a Ópera Nacional de Paris tem renome internacional, ela é acessível a todos. Assim, você pode visitar a Ópera Garnier e descobrir seus bastidores. É igualmente possível desfrutar das diversas publicações, como a revista Octave, disponível gratuitamente on-line, que permite que você se familiarize com a música e a dança clássicas. Existem pacotes atrativos destinados ao grande público, como as noites "Première fois" (Primeira vez): famílias, jovens ou pessoas sozinhas poderão, dessa forma, se familiarizar com este tipo de arte, arte de uma passado definitivamente enraizado no futuro.

.