Palais Royal
2 excursão(ões)

Palais Royal

2 excursão(ões)

Display:
Ordenar por

Filtros ativos:

Lugar prestigioso, o Palais Royal é um magnífico conjunto mal conhecido. Ele esconde em seu centro um palácio, uns jardins fechados cercados por arcadas, umas passagens e galerias com lojas luxuosas, um teatro, sem esquecer a famosa Comédie Française, herdeira de Molière. Este lugar único da vida parisiense foi criado pelo Cardinal de Richelieu em 1633. Encontra-se a dois passos do Louvre no 1° arrondissement de Paris, não longe da Opéra Garnier. Antes da construção do Palácio de Versalhes, era a residência das famílias reais. Hoje, encontram-se nele obras contemporâneas, como por exemplo Les Deux Plateaux, as famosas 260 colunas de mármore branco com listras pretas de autoria de Daniel Buren, mais conhecidas como as colunas de Buren, instaladas na "cour d'honneur" (o pátio). Pode-se também passear sob as arcadas, ao longo das grandes "butiques" de estilistas de moda (Marc Jacobs, Stella Mac Cartney...). Na esplanada da Galeria de Orléans, entre o Ministério da Cultura e o Conselho Constitucional, há dois tanques quadrados que abrigam as fontes de bolas realizadas pelo o escultor belga Pol Bury a pedido de André Malraux e que refletem e multiplicam o conjunto arquitetural e o céu parisiense. A gastronomia também tem destaque na Galeria de Beaujolais com "Le Grand Venor", considerado o mais antigo restaurante de Paris, fundado por volta de 1784. Numerosos artistas moraram no Palais Royal, tais como os escritores Colette e Jean Cocteau. Aproveite a visita guiada insólita da Pariscityvision.com Tesouros Escondidos de Paris: do Palais Royal à Opéra Garnier.

Leia mais… Mostrar menos

Para mais informações sobre as interrupções de transporte a partir do dia 5 de dezembro, convidamo-lo a ler a seguinte página a seguinte página