Artistas e atletas: Dançarinos do Moulin Rouge

Tours ao Moulin Rouge A partir de 160,00 € Saber mais

Como muitos de nós, você deve ser fascinado por aqueles dançarinos com pouquíssimas roupas interpretando graciosas coreografias no Moulin Rouge. Mas quais são os segredos escondidos por trás desses talentosos artistas? Por que eles representam tão bem a cultura francesa? 

Como eles são escolhidos? 

Ao contrário do que você poderia pensar, os dançarinos Moulin Rouge não são apenas escolhidos com base em critérios físicos. É necessário muita habilidade e talento para ser um dançarino do Moulin Rouge. Os dançarinos do Moulin Rouge vêm do mundo inteiro e são dançarinos profissionais há muito tempo. Eles são escolhidos após testes extremamente seletivos que podem durar várias horas e onde eles têm que mostrar o que são capazes de fazer (estrela, espacates, etc). Um teste é dividido em seções; cada uma delas é sobre um determinado tipo de dança ou acrobacias específicas. Se um dançarino tiver a chance de ser selecionado, ele/ela terá de treinar cerca de cinco horas por dia para se preparar para os espetáculos do Moulin Rouge. Depois disso, os dançarinos têm de controlar seu peso, porque eles não são autorizados a perder nem a ganhar 2 kg. Eles também devem fazer muitos ensaios por dia para estarem perfeitamente no ponto quando for a hora do espetáculo. 

Alguns famosos dançarinos do Moulin Rouge 

Através de sua história, muitos dançarinos têm contribuído para tornar o Moulin Rouge uma lenda mundialmente conhecida. Minstiguett é um dos nomes que imediatamente vêm à mente quando se fala do Moulin Rouge. Seu nome verdadeiro era Jeanne Florentine Bourgeois e devido ao seu enorme talento, transformou-se a artista mais bem paga de seu tempo. Ela era conhecida por suas ousadas atuações e por reavivar o Moulin Rouge após a Primeira Guerra Mundial com seus espetáculos cativantes. Ela mergulhou no universo do Moulin Rouge em 1907, quando conheceu Jacques-Charles e colaborou com ele para dar à luz algumas das revistas mais memoráveis do cabaré. Uma outra lenda francesa que é frequentemente associada com Moulin Rouge é Edith Piaf. Ela foi primeiramente notada por Louis Leplée ao cantar ao lado de seu pai e começou então uma carreira bem sucedida durante a qual cantou em diversos cabarés de Paris, incluindo o Moulin Rouge, em 1944. 

.