Os Diferentes Aposentos do Palácio de Versalhes

O Palácio de Versalhes é composto de uma parte central, duas alas e vários pátios. Apesar da sua imensidão, o público não se esquecerá de alguns de seus aposentos mais marcantes. São os apartamentos reais ou os aposentos ditos “de gala” que tinham por objetivo maravilhar os visitantes.

A Capela Real

A capela que nós vemos atualmente no Palácio de Versalhes foi terminada em 1710. Após uma longa interrupção que durou dez anos, o canteiro desta capela foi retomado em 1699 durante o reinado de Luís XIV. Antes, as cerimônias religiosas eram realizadas em uma capela provisória que fora frequentada durante 28 anos. Sua decoração se caracteriza, na parte externa, por um grande número de estátuas que representam os santos. Já a parte interna é ricamente decorada. A grande abóbada pintada por Antoine Coybel, por exemplo, representa uma arquitetura imaginária com orifícios através dos quais vemos o céu e onde está representado «Dieu le père dans sa Gloire» (Deus Pai em sua Glória trazendo ao Mundo a promessa da Redenção) com os anjos que o acompanham.

A Galeria dos Espelhos

O objetivo da Galeria dos Espelhos é deixar os visitantes completamente deslumbrados. A instalação de 357 imensos espelhos defronte das janelas cria um ambiente particularmente luminoso. Símbolo da grandeza do reino da França, a Galeria dos Espelhos foi também palco de grandes momentos da História. Foi lá, por exemplo, que o Tratado de Versalhes foi assinado em 28 de junho de 1919 pondo fim à Primeira Guerra Mundial.

A Galeria dos Espelhos

O Grande Apartamento do Rei

Segundo a tradição o rei deve dormir no centro de seu domínio. Seus apartamentos estão instalados bem no meio do palácio, não sendo difícil localizar seu quarto.

O quarto do Rei no Palácio de Versalhes

Luís XIV fez de seu cotidiano um verdadeiro espetáculo. Quase idealizado, ou mesmo endeusado, o rei beneficiava de todas as atenções da corte. Assim, era possível vê-lo e contemplá-lo desde o seu despertar. O grande apartamento do rei dispunha de sete salões que figuravam como salões de Estado, visíveis pelos nobres e visitantes a fim de impressioná-los. Em 1701, o quarto de Luís XIV foi transferido para a ala sul do palácio.

O Grande Apartamento da Rainha

Era nos aposentos do grande apartamento da rainha que Luís XIV se encontrava com Maria Teresa da Áustria. Ocupado sucessivamente, a decoração do grande apartamento da rainha mudava regularmente para satisfazer a ocupante do momento. Ele é constituído do quarto da rainha como também de salões nos quais aconteciam as conversas entre as damas da corte. 

Glamour além do Palácio

Aldeola da rainha Marie-Antoinette perto do palácio de Versalhes

O domínio do Palácio de Versalhes é composto de seu palácio e de seus parques, mas sua reputação também se vale de seus numerosos edifícios. Assim, o Grande Trianon de mármore construído no reinado de Luís XIV figurava como uma residência secundária para o rei. Ele também foi habitado por Maria Leszczyńska, rainha da França e esposa de Luís XV. Mais recentemente, o presidente Charles de Gaulle teve aí seus apartamentos. O Pequeno Trianon e o vilarejo de Maria Antonieta também não deixam nada a dever ao palácio. Primeiramente oferecido como presente à Madame de Pompadour por Luís XV, o Pequeno Trianon foi, em seguida, a residência da rainha Maria Antonieta que aí fez construir seu vilarejo de inspiração normanda.

O que há melhor do que uma visita para apreciar o esplendor destes diferentes cômodos? Caso deseje conhecer os valores da visita ao Castelo de Versalhes e as diferentes maneiras de descobrir este local repleto de história, conecte-se ao site da PARISCityVISION.

Nossa seleção de excursões
Visita Guiada do Palácio de Versalhes sem fila
Duração 4 hora(s)
A partir de 80,00 €
Visita Guiada em Grupo Pequeno do Palácio de Versalhes e seus Jardins (tarde) sem fila
Duração 4 hora(s)
A partir de 115,00 €