A Catedral Saint-Louis de Versailles

A Catedral Saint-Louis de Versailles era originalmente uma simples capela que devia ser o equivalente sul de Notre-Dame de Versailles. Em 1740, o rei Luís XV decide torná-la uma verdadeira igreja que seria construída em frente à capela. O edifício levou algum tempo para receber o título de catedral em razão do seu aspecto de prédio inacabado. A igreja somente tornou-se catedral após a Revolução Francesa, tendo sido lugar de vários acontecimentos marcantes. Lá, o sermão do jeu de paume foi renovado e o papa Pio VII foi acolhido no dia 3 de janeiro de 1805 para a sagração de Napoleão I.

Patrimônio Histórico Mundial

Desenhada por Jacques Hardouin-Mansart de Sagonne, a Igreja Saint- Louis de Versailles está classificada como patrimônio histórico mundial desde 1906. Sua arquitetura é reconhecível por uma cúpula com um domo de 65 metros de altura decorado com uma flecha. A parte externa parece adotar o estilo clássico enquanto a parte interna é bem barroca.

Seu imenso órgão foi inaugurado em junho de 1762. A consola do órgão, estrutura de carpintaria que contém a mecânica, foi classificada como patrimônio histórico mundial em 1906. Já a parte instrumental foi classificada em 1961.

Foto de Cathedrale Saint Louis em Versalhes

Uma arquitetura típica do século XVIII

As paredes da nave são nuas, privilegiando assim os elementos arquiteturais como as esculturas gravadas e as molduras. As abóbadas do transepto mostram molduras que parecem inacabadas. Os historiadores pensam que as esculturas deviam ser provavelmente colocadas no teto, mais isto jamais foi realizado.

Há duas grandes capelas: a Capela dos Catecismos onde as colunas jônicas mostram o gosto da época por um retorno à Antiguidade e a Capela da Virgem que dispõe de uma decoração constituída no século XIX. Os capitéis corintianos, os parapeitos, uma torre de marfim e um altar de mármore tornam esta sala bastante imponente.

Os vitrais que podemos ver atualmente datam de 1853. Eles foram realizados pelos ateliês de Lobin (Tours) e de Gsell e Laurent (Paris).

Fotografia da capela da Catedrale de Versalhes

Fotografia de David Iliff, Capela do Palácio de Versalhes

Uma coleção de obras de arte da época

Graças a uma influência real na iniciativa de sua construção, a igreja Saint-Louis de Versailles, atualmente catedral, pôde se beneficiar de uma rica coleção de obras de arte. Em parte dispersada durante a Revolução Francesa, ela foi reconstituída durante o século XIX. Os quadros representam cenas da Bíblia pintados por artistas da época da construção da igreja.

Saint-Pierre tentant de marcher sur les eaux pintado por François Boucher

Saint Pierre tentant de marcher sur les eaux (São Pedro tentando andar sobre as águas), por François Boucher

Marcada pelo tempo, a Catedral Saint-Louis de Versailles é uma obra arquitetural enraizada no século XVIII. O trabalho de reconstituição das coleções e as adaptações nos permitem hoje ver o edifício quase como Luís XV o teria visto na sua época.

Castelo, jardins de Versalhes, catedral de São Luís, museu de Versalhes: durante sua visita a Versalhes você poderá apreciar a riqueza destes locais repletos de história.

Nossa seleção de excursões
Excursão de um Dia: Visita de Versalhes e seus Jardins com Guia em Audio
Duração 10 hora(s)
A partir de 81,00 €
Duração 9 hora(s)
A partir de 150,00 €