Museu do Quai Branly

Reserve seu ingresso para o museu do Quai Branly

Localizado nas margens do rio Seine, o museu do Quai Branly foi o último dos grandes museus parisienses construídos, inaugurado em 2006.

Com uma superfície de 40.600m2, os quatro modernos prédios foram desenhados por Jean Nouvel e se integram perfeitamente no bairro, além de ser o local escolhido para abrigar uma coleção única no mundo, com cerca de 1.320.000 obras artísticas de diversas origens.

Reserve seu ingresso para o museu do Quai Branly e descubra as civilizações da África, Ásia, Oceania e Américas, graças a uma ampla escolha de obras de arte, objetos de culto ou culturais. Você também pode admirar, no Quai Branly, antigas coleções etnológicas do Museu do Homem. O emblema do museu frisa a abertura que tem com relação ao mundo e tradições culturais frequentemente esquecidas: a estatueta Chupicuaro, provavelmente um testemunho de um antigo culto de fertilidade, nos faz viajar até a Antiguidade, no centro do México.

Visite as salas dedicadas às coleções, exposições permanentes e viaje de um continente ao outro. Ao comprar um ingresso para o Quai Branly, você mergulha tranquilamente em culturas surpreendentes, das quais as riquezas inimagináveis farão com que emoções venham à tona. Admire as vestimentas dos antigos reis das ilhas da Oceania ou diante da personalidade única da arte do Dogon, inicie-se aos ritos mágicos do Oriente-Médio e da África do norte, retrace a história da arte das civilizações das Américas, antes e depois da colonização europeia, percorra as imensas planícies da Ásia, do Japão milenar às estepes desoladas da Sibéria, onde o xamanismo ainda é praticado.

Mais que um ingresso para o museu do Quai Branly, compre um verdadeiro sésamo que vale como passaporte para percorrer fronteiras e séculos. A atmosfera do local é particular, intima e silencioso. A baixa luminosidade, necessária por causa da presença de obras frágeis que precisam absolutamente ser preservadas para as gerações futuras, contribui com o lado misterioso do local. Dentre as obras imperdíveis do museu que seu ingresso permite admirar, está a coleção de mastros e totens oriundos de tribos ameríndias do Canadá, o vaso-retrato Mochica do Peru, com traços extremamente delicados, ou o arrepiante crânio de ancestral Asmat da Papuásia. 

Visitar o museu do Quai Branly é uma experiência que deve ser vivida e revivenciada. Na verdade, exposições temporárias, espetáculos e shows são programados para renovar a experiência dada ao visitante com regularidade. Uma midiateca, uma loja, uma livraria, restaurantes fazem do museu um local facilmente acessível e acolhedor, portanto incontornável para os turistas que desejam fazer um parênteses cultural, tranquilo e exótico, durante as férias em Paris.

O museu, muito frequentado pelos turistas, recebe mais de um milhão de visitantes por ano e  a fila de espera pode parecer interminável nos dias de grande afluência. Peça e compre o ingresso fura-fila on-line para o museu do Quai Branly em Paris e ganhe um tempo precioso ao mesmo tempo que evita um estresse inútil. 

Para aqueles e aquelas que não previram fazer uma visita ao museu do Quai Branly, o Pavilhão des Sessions propõe uma amostra do museu, no Louvre.

1 tours

Visita do Museu Quai Branly-Jacques Chirac, Paris

A visita do Museu Quai-Branly Jaques-Chirac faz você mergulhar em 200 anos de história, graças às artes das civilizações não europeias: Ásia, Oceania, Américas, África e Oriente Médio. O ingresso fura-fila lhe dá acesso prioritário a esta construção arquitetural insólita.

Duração : 2 hora(s)
A partir de 12,00 € Ver detalhes